O evento

A H C Produções e Eventos Esportivos conta com uma experiência de mais de 8 anos em eventos. Conhecida por unir qualidade, estrutura e segurança dos grandes eventos às ações sociais, a empresa vem ganhando espaço no cenário potiguar.

Ao longo das 10 edições do Nordeste Open de Jiu-Jitsu, com início em 2013 na cidade de Natal, o evento vem desmistificando a visão errônea da modalidade de que é um esporte violento e praticado com intuitos contrários aos bons princípios. Nesse sentido, o NEOJJ vem ganhando força e participação, principalmente de crianças e mulheres. Assim, desde seu princípio contou com uma média de 1.200 atletas, por etapa, números esses que cresceram para 1600 atletas competindo nas quatro últimas edições. Em dez edições já realizadas, são mais de 13.000 participantes com a presença de 15 estados brasileiros representados, mais de 60 clubes, escolas e agremiações, além do público estimado em 10mil espectadores circulando nos dias do evento. O NEOJJ é conhecido pela pontualidade e profissionalismo desde o momento da pesagem até o final de cada luta.

Somente na última edição disputada, em 2017, participaram 1598 atletas, mais de 60 equipes, 13 Estados brasileiros representados, 140 STAFF’s a serviço dos atletas e do público em geral e mais de três mil lutas disputadas. Uma soma superior a 40mil reais em prêmios, mais de 400 categorias divididas em 8 áreas de luta por graduação, peso, sexo e faixas etárias. Números que fazem o evento tomar elevadas proporções.

A 11ª edição do NEOJJ está prevista para ocorrer entre os dias 14 e 15 de abril. Atualmente a competição já faz parte do calendário esportivo oficial de Natal e é um grande atrativo turístico para capital, tendo em vista o grande público que circula na cidade durante os dois dias de evento. Muitas das equipes vêm, inclusive, em caravanas o que gera um aquecimento sazonal da economia local.

Com o intuito de promover segurança, conforto e qualidade aos atletas, espectadores e equipe técnica, o evento que é hoje o 2º maior do Brasil, ficando atrás apenas do Campeonato Brasileiro da modalidade, conta com toda estrutura necessária para um megaevento: autorização prévia do Corpo de Bombeiros, seguro do evento, atuação de engenheiro para verificar a estrutura, 16 profissionais de atendimento emergencial, ambulância e médico full time, 16 árbitros diplomados pela IBJJF (International Brazilian Jiu-Jitsu Federation), kit atleta, premiação pecuniária, medalhas e troféus para os grandes vencedores das categorias.

Atentos também a alcançar o maior número de visitantes, o NEOJJ sempre é projetado num local que atenda à mobilidade urbana, assim, o Sesi situa-se numa avenida de plena circulação da malha rodoviária de transportes públicos da capital potiguar, permitindo o fácil acesso a baixo custo. Além disso, há a presença de atletas de renome como Murilo Bustamante, ex-campeão do UFC e do Pride e hoje líder mundial da BTT (Brazilian Top Team). André Marola, representante mundial da Nova União nove vezes campeão mundial. Ricardo Vieira, da Checkmat é outro multicampeão, sendo também nove vezes campeão do mundo, dentre outros. O evento é reconhecido por revelar talentos potiguares para o Brasil.

A empresa idealizada para promover eventos de visibilidade nacional segmentou suas atividades na área esportiva, porém sempre pensando em cumprir seu papel social através de ações de responsabilidade e inclusão, pois acredita que o esporte é uma importante ferramenta transformadora da realidade as vezes dura, como também promotor de autoestima, bem estar e saúde, dando oportunidade a mudança positiva na vida de inúmeras pessoas.

Assim, a HC Sports em seus eventos realiza parcerias com instituições, ONGs e comunidades carentes, permitindo o acesso de jovens aos eventos que vivem em situação de vulnerabilidade social aos campeonatos e torneios executados.

Nesse contexto, para a XI edição do NEOJJ, através de uma pré-seleção realizada pela organização do evento, 100 crianças e adolescentes carentes inseridos numa instituição ou comunidade serão escolhidos para participarem do evento de forma gratuita. Será requisito para acesso ao local de competição a doação de alimentos não perecíveis que serão doados para uma instituição filantrópica também previamente selecionada. Logo, uma quantia de mais de cinco mil produtos serão doados.

O NEOJJ aplica as diretrizes esportivas e sociais de forma direta e prática, como se vê na participação maciça do público infantil na competição, mulheres e pessoas com deficiência, inclusive lutando com atletas de outras categorias sem mobilidade reduzida.

A inserção social é mais do que um objetivo no NEOJJ, é uma realidade vivenciada há mais de 04 anos pelo público que acompanha o evento. Dos 1.598 competidores, mais de 500 atletas foram mulheres e crianças participantes na última etapa, uma marca que supera 40% do evento, além dos participantes na categoria máster, com mais de 30 anos, que totaliza hoje cerca de 45% dos atletas.

No evento são gerados produtos que levam a logomarca do NEOJJ, bem como de seus patrocinadores. Os participantes podem adquirir kit atleta com camiseta, sacola, boné, manual do atleta e crachá de identificação. Há sinalizações na arena onde ocorrem as lutas com placas e prismas, oportunizando também espaços publicitários. Na área externa há estandes de vendas (lojinhas) ou divulgação, ações de merchandising, cobertura videofotográfica e assessoria de imprensa que movimenta todas as mídias online e offline.

Organização